---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Fundação Cultural
Fundação Cultural Camponovense prepara homenagem ao dia do Padroeiro São João Batista

Publicado em 23/06/2020 às 15:28 - Atualizado em 23/06/2020 às 15:28

Na quarta-feira, 24/06, Campos Novos comemora o dia do padroeiro do Município, o dia de São João Batista.

 

São João Batista é um dos santos mais importantes da Igreja Católica, é o último profeta bíblico e o primeiro mártir da história. Seu nome deriva de sua missão de batizar os pecadores que aceitaram Deus em suas vidas e reafirmaram o compromisso com os mandamentos sagrados segundo o evangelho.

 

A Fundação Cultural Camponovense realizou durante todo o mês de junho, uma homenagem para o padroeiro juntamente com a Historiadora, Enedy Padilha da Rosa.  A homenagem é baseada em um vídeo com a execução do Hino de São João Batista, sendo ele de autoria do Padre Geraldo C. da Silva e executado pelos professores da Fundação Cultural Camponovense, Acácio Antunes e Ariadina Fiametti. O vídeo será divulgado nas redes sociais da Fundação Cultural Camponovense e da Prefeitura Municipal, no dia de amanhã, 24 de junho.

 

Um pouco mais da história do Padroeiro São João Batista:

 

Além de Santo Padroeiro do município, também já teve seu nome ligado ao dele. De acordo com a Resolução N.377 de 16/06/1854, e, seu Artigo 1º diz: “O Distrito de Campos Novos, fica desmembrado da Freguesia de Nossa Senhora dos Prazeres da Villa de Lages, para formar uma freguesia, sob a invocação de - São João Batista dos Campos Novos - procedendo licenças do ordinário, na Forma da Constituição do Bispado”.

 

A Igreja Matriz Paróquia São João Batista, é uma construção rica em vitrais, esculturas em madeira em tamanho real e pintura interna, que envolvem os fiéis fazendo-os sentir parte daquele momento descrito através de arte sacra. No mês de junho é comum no município que a igreja organize a tradicional Festa de São João Batista, com fogueira, bingo, baile e barracas.

 

Normalmente os dias consagrados aos santos são aqueles em que eles morreram. Porém, no caso de São João Batista comemora-se o dia do seu nascimento.

 

Nas palavras da Historiadora, Enedy Padilha da Rosa, em material de seu acervo pessoal sobre a história de Campos Novo, “A Festa do Padroeiro São João Batista já foi o maior evento de Campos Novos, uns afirmam que a duração era de oito dias, outros recordam de três dias. Os habitantes lembram da fogueira que era enorme queimava durante horas ou até mesmo no outro dia em frente à Igreja Matriz, existia o pau-de-sebo, os leilões, as barraquinhas, a quadrilha, a escolha da rainha, o churrasco, bolos, pastéis, cuca, quentão, à vontade, era uma verdadeira festa”, ressaltou ela.